Simples Decoração - Porque o bom é simples

Dicas Organização Produtos

5 dicas sobre – Que tecido usar?

Já falei sobre as estampas na decoração, sobre as fibras naturais (o linho ,o algodão e a seda) e ainda vou falar sobre os sintéticos. Mas neste post quero dar dicas rápidas sobre a escolha de tecidos em situações bem específicas: Quando você tem gato ou cachorro, para quartos de crianças, para alérgicos, para área externa, para almofadas, sofás e cortinas. Vamos lá?

 1) Quando você tem um pet:

Nada de estofados desfiados ou cheios de pelos. É só escolher bem: Tecidos com tramas bem fechadas,  que sejam limpos com um pano umedecido e que resistam à escovação para retirar os pelos. Impermeabilizar é uma forma de dar maior durabilidade ao tecido: Escolha brins, as sarjas, lonas, lolitas, o sued ou  ultrasued e os tipo Acquablock (preferencialmente em cores não muito escuras). Não use Seda, Chenille, Jacquard, Veludo ou Linho.

diariodoisgatos

(Foto: Diáriodosgatos  – Eu acho que esta é a Mingau, rs!)

2) Quando alguém tem alergia: 

Alérgico precisa de limpeza constante, não tem jeito. Ácaros e pó são seus inimigos mortais. Então, o tecido para eles deve resistir bem aos processos de limpeza com panos e aspirador de pó – principalmente para quem tem alergia à pó e poeira. Fora isso, tudo depende muito do tipo de alergia,  Mas acrílico, acetado, poliéster, couro talvez devam ser evitados por quem tem alergia de contato – dermatite e TALVEZ seja uma boa para quem tem alergia respiratória (assim como os impermeáveis) mas tem que fazer teste de alergia antes de usar.

vidaestiloterracedalergico5

Simplicidade, facidade de limpeza (mesmo assim, aquelas madeiras laterais podem acumular poeira, viu ?) Foto: vidaestiloterra

Tecidos que tem etiquetas de antialérgicos, os impermeabilizados e com tratamento bactericida ou os naturais como algodão, juta, cânhamo e sisal em geral são bons para alérgicos e os artificiais como viscose, náilon e cetim só devem ser usados após teste.  E não esqueça de colocar capas de algodão nos travesseiros e colchões, antes dos lençóis e fronhas. Evite tapetes e cortinas, mas se não for possível, limpe de 2 em 2 dias com aspirador. Prefira lavar com sabão neutro e água fria para evitar alergias devido aos produtos químicos usados na lavagem. E prefira secar ao sol. Cobertores de lã e travesseiros de pena não são recomendados.

09-terraco-com-spa-e-muito-verde-possui-linda-vista-de-sao-paulo

(foto: CasaAbril)

3) Para colocar em área externa:

Os acrílicos 100% que repelem a água e secam com facilidade, os Acquablock e similares são ideais. Outras opções são as telas de poliéster, o couro sintético e o náutico. As fibras naturais se desgastam com facilidade com o sol e a umidade (seda, veludo não suportam bem). Mas os tratamentos atuais podem tornar quase qquer tecido resistente às intempéries (impermeabilizantes, antichamas, antimicrobianos, etc). O importante é comprar em empresas confiáveis que garantam a longevidade dos tecidos.

CasaeFesta quarto-masculino-de-solteiro-10-dicas-de-decoracao-29O brim ou juta listrada fica super bem e resiste no quarto das crianças (foto: CasaeFesta)

4) Para o quarto das crianças: 

Se há sinais de alergia, leia o item 2 e o siga principalmente em relação aos tipos de tecidos e cuidados. Caso não: Cores que não sejam muito claras já ajudam, pq um quarto todo branco para uma criança é querer perder a paz, não é mesmo? A camurça sintética e o couro facilitam a remoção da sujeira, mas tem um toque menos delicado. As fibras naturais, sarjas e brins também são ótimas: duráveis e suportam muitas lavagens. Para aguentar manchas de gordura, caneta, etc, é bom usar tecidos protegidos por teflon ou produtos similares. As manchas devem ser limpas o mais rápido possível sempre.

cozinhaamericana_voceprecisadecor02Provável Sarja peletizada no sofá. Foto:voceprecisadecor

5) Para estofados, almofadas e cortinas

Os tecidos mais encorpados e resistentes são o melhor para os estofados – jacquard, camurças, linhos, buclês, veludos… até a seda rústica dublada (colada a um tecido mais resistente para não esgarçar). Couro natural é claro (mas há quem não goste, principalmente em áreas muito quentes), brins, lonas e  jutas para ambientes mais despojados.

Mrsboho_casa_Alicante_Decordemon4Decoração rústica – veja que todos os tecidos acompanham o estilo, inclusive o das almofadas (foto:Mrsboho)

Para as almofadas qualquer tipo de tecido pode ser usado, desde os mais delicados, mas é importante que siga o estilo do tecido do sofá – uma almofada de seda em um sofá de lona pode ficar bem estranha. Almofadas de tricô, malhas e crochê lisas e simples não saem de moda.

arquiteturadoimovel Ana_Mitzakoff_Interiores

Provável gaze de linho na cortina da elegante sala (foto: arquiteturadoimovel) 

Eu particularmente, neste RJ ensolarado e quente, adoro o voal para as cortinas – podem ser coloridos, ter desenhos ou amassados que diminuem a visão do exterior, suportam o sol e duram muito. Podem também ser forrados com outros tecidos mais encorpados ou sofisticados como linho, shantung, seda, ou até outro voil diferente. Um leve e com mais sofisticação é a gaze (de linho, de seda).   Já em um ambiente mais clássico, cortinas de jacquard , shantung (que parece com o voal, mas dá mais privacidade) , linho (mais encorpado e nobre) ou seda – misturados com sintéticos – até pq puros são muito caros e delicados. Não esqueça que a seda não suporta o sol e é melhor que tenha 2 camadas para ficar mais firme.

Os tecidos tem tanta variedade e misturas entre fibras naturais e sintéticas atualmente que o assunto dá um livro. Mas acredito que estas 5 dicas ajudem a tirar muitas dúvidas simples.

Siga o Simples Decoração nas Redes sociais: Pinterest, Facebook, Instagram

Posts relacionados

Comentários:

Fernanda · 18 de janeiro de 2017 às 10:46

Obrigada pela ajuda!
Tenho dois gatos e um cachorro em casa e as vezes fica dificil mantar tudo limpo e organizado =/
O quarto das crianças também vive uma bagunça e já percebi que muito branco realmente não ajuda, mas cores muito fortes como vermelho também soltam cor e acabam desbotando.. Vou tentar usar fibras como você falou e ver se resolve meu caso.
Obrigada!

Responder

Deixe o seu comentário!