Categoria: Conceitos

Conceitos Dicas Organização

2 dicas para não errar mais com os acessórios de decoração

Eles não precisam ser caros, alguns até podem (e devem) ser feitos por você mesmo(a), e vão ser aquele diferencial que – mesmo sendo detalhes – vão chamar atenção e levar a decoração da sua sala à outro nível! Mas tem que saber usar!

Veja 2 SUPER dicas para não errar com os objetos ou acessórios de decoração:

1a. Dica) Escolha bem!

 MarRosana, o que é escolher bem? ” você me pergunta! Com razão, porque sem exemplos esta frase não quer dizer nada! Vamos a eles:

casamontada sofaa

Imagine esta sala sem as almofadas, livros e demais objetos: Seria somente 2 mesas e um sofá. E sem graça! Todos estes objetos trouxeram texturas diferentes, estampas, contraste (o importante preto na decoração em cores neutras e suaves está nos acessórios e fazem toda a diferença!). Perceba tbém que eles foram escolhidos para combinar com o ambiente: O estilo clean, as cores e estampas parecem ter sido escolhidos pela mesma pessoa que escolheu o sofá e as mesas. Há uma identidade, uma personalidade única no ambiente.

Continue lendo →

Conceitos Produtos

Os clássicos eternos do Design – Egg e Bertoia

O que faz um móvel se tornar um clássico? Acredito que tem a ver com um bom design que alia perfeitamente belezafuncionalidade, muitas vezes sua importância no momento da criação por alguma questão técnica ,  algo misterioso que faz com que ele atravesse gerações sem perder o toque de atualidade – Um clássico não é “datado”- a visão à frente do tempo em que foi produzido, uma quebra de paradigmas, a história de sua criação e muitas vezes algumas ou todas estas coisas juntas.

Mas que faz bem aos olhos ver um clássico do design, isso faz, né ? Vamos ver alguns?

Poltrona Egg

atec eggchair 2660

(Foto: Atec – Fabricante da Egg Chair exatamente como o projeto original – Visite a página e veja o vídeo da produção da poltrona)

Continue lendo →

Conceitos Sala

10 Salas descontraídas e charmosas – Estilo Boho e História

A esta altura todo mundo sabe que “Boho” vem de  bohème (Francês) que é o habitante da Boêmia (Região da Europa). Mas vou falar umas coisinhas interessantes – de uma forma abusivamente superficial  mas que serve ao objetivo –  para você entender o estilo direitinho:

No século XV, o pessoal da França resolveu chamar os ciganos de bohèmes  porque pensavam que eles eram de lá (da Boêmia). No  século XVII, resolveram chamar de bohèmes os artistas que foram morar nos bairros ciganos – áreas de aluguel barato  –  e que tinham um estilo de vida liberal e meio jogadão (rs!). No século XVII os portugueses já falavam que bohème era mesmo vagabundo, de “vida desregrada” ou não convencional, ás vezes ligado às artes (pessoal não perdoa!).

hippieecigana

Fotos: wikepedia e revistaplaneta

Aí no século XIX surgiu o movimento artístico e literário do mesmo nome, um filho do movimento romântico, mais “aristocrático” e um pouco diferente do uso original do termo. Rimbaud, Verlaine e Modigliani tem a ver com ele e o termo ficou perto de outro que vcs devem conhecer: Dândi, que é aquele cara superficial, super preocupado com a aparência e todo emperequetado, enfim! Entendeu, né ?

E é claro que percebemos que o movimento Hippie, nos anos 60, se influenciou na cultura cigana. Eles também eram bohèmes e se ligavam nas coisas orientais e na natureza, certo? 

Falei isso tudo prá nem precisar falar sobre as características deste estilo na decoração! Mistura toda esta história e põe em uma sala! Só diminui um pouco o lado dândi (ou deixa um pouco se quiser um Boho Chic, rs!) e aumenta o cigano (ou hippie), deixando um pouco também do romântico (pense em todas as referências que você tem destas culturas e estilos).

Continue lendo →

Conceitos Dicas Sala

Desvendando os “truques” da boa decoração

Decorar bem parece ser fácil, mas os bons profissionais especializados em design/decoração estudam muito! O que chamei de “truque” são o resultado deste aprendizado: Veja como profissionais podem resolver os “problemas” destes 5 ambientes e quem sabe você usa na sua casa?  Todo mundo vai perguntar o nome do designer! (rs!)

1) Como fazer uma sala totalmente neutra ficar interessante? 

Tem gente que não quer muita cor ou até não quer cor viva alguma em casa. Como o profissional resolve isso sem criar um ambiente “sem graça” ?

automatism bd8f6c76061f283

(foto:automatism)

Trabalhando com cores de maior contraste (claro/escuro), estampas e texturas diferentes. Olha outro exemplo:

Continue lendo →

Combinações Conceitos Dicas

Escolhendo a cor do muro e da fachada da casa

Atendendo ao pedido de alguns leitores que tem a alegria de morar em casa (ah, como amo um quintal…<3 ) e tem dúvidas na hora de escolher a cor dos muros e fachadas, vou dar 3 dicas para expandir a visão sobre esta questão e 7 dicas mais práticas

Primeira Dica:  Olhe para fora de casa!

historiasvalecai BomPrincpio23

(foto do site: historiasvalecai)

Como são as casas em volta ? Elas seguem o mesmo estilo ou todas tem estilo diferente? Você quer que a sua se destaque de forma contrastante ou que seja harmônica? Isso pode lhe ajudar a definir um caminho inicial e até dar alguma inspiração!

Continue lendo →

Conceitos Sala de Estar

Princípios da decoração e design na prática – Post 5

Neste post não vou falar em princípios, mas sim sobre uma técnica, que eu vou chamar de “A técnica da limitação de cores”, porque é isso mesmo: Para encontrar com maior facilidade harmonia e a sensação de unidade em um ambiente, muitos – eu diria que a maioria – dos profissionais da área limitam a quantidade de cores diferentes usadas nele. Veja só:

casatreschicb5b95154

(via CasaAbril – reportagem visual de Aldi Flosi e Olívia Canato)

Esta linda sala (da Casa Cor SP 2013 – by Roberto Migotto) utiliza azul, branco e amarelo basicamente, em uma proporção bem estudada: O branco na medida certa para não ficar escura demais e o amarelo em menor quantidade, para trazer mais alegria e calor. Esta combinação é um clássico que funciona super bem.

Continue lendo →

Página 1 de 1612345678...Última »