Simples Decoração - Porque o bom é simples

Tag: combinação de cores

Conceitos

As cores na decoração (5)

Continuando a série CORES NA DECORAÇÂO, agora vou falar sobre o VERDE.

Antes, nos posts As cores na decoração (1)As cores na decoração (2)  falei sobre os esquemas de cores,  e depois falei sobre o BRANCO E O AZUL o AMARELO 

Como sabemos, o verde é a mistura de AMARELO + AZUL. E as diversas tonalidades do verde dependem da quantidade de AZUL e AMARELO que misturamos para obter a cor. Quanto mais AMARELO, mais a cor fica “quente” e refrescante. Quanto mais azul, mais a cor fica “fria” e tranquilizante. Isso porque as características da cor que é usada em maior quantidade é que sobressaem.

Mas além disso, todas as cores podem adquirir outras tonalidades ainda quando “misturadas” a cinzas (isso se chama “atenuar” a cor, diminuindo sua vibração).

Como vc sabe o cinza é a mistura de preto e branco. E se vc mistura um cinza que tem mais branco, temos os tons leves e diáfanos do verde. Se, ao contrário mistura um cinza que tem mais preto, encontra os tons mais fechados e sombrios do verde (o termo técnico para isso é saturação da cor). Veja no quadradinho que fiz abaixo, para entender melhor. Pode ser que vc não consiga ver as cores corretamente devido às diferenças de cor entre os monitores que usamos, mas acho que a idéia fica clara, certo ?

verdes

Então, veja agora o efeito dessa teoria toda aí em cima nos ambientes abaixo:

Continue lendo →

Conceitos

As cores na decoração (4)

Continuando a série Cores na Decoração que comecei nos posts As cores na decoração (1)As cores na decoração (2)  falando sobre os esquemas de cores,  e depois falei sobre o BRANCO E O AZUL e agora  vamos falar do Amarelo.

Uma cor QUENTE, que remete a luz, claridade, alegria e como alegria demais pode ser surto psicótico (rsrs), em excesso esquenta e pode irritar. Os tons de amarelo podem variar desde o claro, quase branco, o atenuado – como misturado com cinza – puxando para o creme, o mais frio, quase verde, até o mais quente, quase laranja. E todos estes tons geram sensações diferentes nos ambientes.

studio1blogcozinha1

Na cozinha, sendo uma área já quente por natureza, devido ao fogo, o amarelo ficar melhor quando atenuado ou quando há elementos em branco. Repare que o amarelo forte do fundo da cozinha é “temperado” pelo branco de todo o resto e ele cumpre a função de fazer a cozinha parecer menos cumprida, pois parede pintada em cores quentes dão a sensação de estarem mais próximas.

Continue lendo →

Conceitos Dicas

Minipost – Corredores e cores

Tenho recebido algumas dúvidas de leitores relacionadas a corredores. Por isso, acrescentando ao que já foi dito AQUI sobre corredores, vão aí mais algumas dicas, que tem a ver com o uso das cores:

corredor1

Observe o desenho acima: Desenhei 2 corredores, que são da mesma profundidade,  largura e luminosidade. Só que não parecem ser! Porque?

1) O amarelo da porta do corredor à  esquerda, como toda cor quente (amarelo,vermelho, laranja..) dá  a sensação de que a porta está mais próxima de nós.  Já o azul escuro da porta do corredor à direita, como todas as cores frias (azul, verde..) dá a sensação que a porta  está mais distante de nós.

2) O  tapete no corredor da esquerda com listras claras e de cores quentes na horizontal , faz com que o corredor pareça mais largo, curto e mais iluminado. Já o tapete do corredor da direita, com listras mais escuras, frias e na vertical, faz com que o corredor pareça mais estreito, comprido e escuro.

Essas dicas funcionam para qualquer coisa (“esticar” uma sala com um tapete com listras, “aumentar” um ambiente pintando a parede de fundo com azul escuro, etc,etc.) ! Aproveite-as!

Conceitos

As cores na decoração(3)

Após falar sobre as características das cores em geral, nos posts As cores na decoração (1)As cores na decoração (2) , agora vamos estudar o uso de cada cor nos ambientes e os efeitos que elas provocam, puras ou acrescidas de elementos com outras cores. Vou falar neste post do Branco e do Azul.

Branco

Ambientes  branquinhos, branquinhos, dão a sensação de claridade, espaço, limpeza, ficam lindos nas fotos, mas o trabalho de manutenção é cruel! Veja nas fotos abaixo, que os 2 primeiros ambientes tem o piso e alguns detalhes escuros, o que facilita um pouco a manutenção. A churrasqueira fica linda, mas provavelmente deverá ser pintada com uma boa frequência, pois a fumaça vai escurecer o branco.

Já no quarto, totalmente branco, eu particularmente sinto falta de cores, para alegrar. Neste caso, quadros, objetos e  roupa de cama podem fazer isso, AQUECENDO, como na penúltima foto, onde foi usado o vermelho (cor quente) ou REFRESCANDO e ACALMANDO, como na última foto, onde foi usado o azul.

achadosdedecoracaobanheiro2

Continue lendo →

Conceitos

As cores na decoração(2)

No post AS CORES NA DECORAÇÂO(1) falei sobre os esquemas de cores Acromático, Neutro e Monocromático.

Agora vamos falar dos esquemas de cores contrastantes:

Quando usamos esquemas  harmônicos, as cores são como coadjuvantes:  tem um papel importante, mas o foco da decoração do ambiente (em geral) é um outro elemento da decoração, como um móvel, um detalhe arquitetônico, etc. Já no esquema de cores contrastantes (e em geral tbém) as cores são o foco, o destaque. São elas, principalmente, que chamam a atenção no ambiente.

Os esquemas contrastantes são mais dinâmicos e vivos e usam uma característica das cores que é a seguinte: Quando usamos uma cor junto a  sua cor complementar, as 2 são exaltadas.Como é isso ?? –  Vc está se perguntando…

Vou explicar: Temos as cores primárias – aquelas que não se consegue criar com a mistura de outras cores – que, no nosso caso, são Vermelho, Azul e Amarelo – e temos as cores secundárias, que são cores criadas com a mistura das primárias 2 a 2 :   Vermelho+Azul=> Violeta Vermelho + Amarelo => Laranja Azul + Amarelo => Verde. Se misturarmos as 3 cores primárias teremos o preto.

esferas_secundarias1

Continue lendo →

Combinações Conceitos

Como combinar padrões (estampas , listras, etc)

Algumas dicas para que vc consiga misturar revestimentos lisos e estampados sem exagerar nem deixar o ambiente  “certinho” ou monótono demais:

a) Muitos padrões diferentes e/ou contrastantes dão uma impressão de bagunça. Como as estampas “pesam” mais no ambiente, sempre equilibre com lisos (almofadas,paredes, mantas lisas que podem ter uma  textura agradável).

alifesdesigblogspotsala1

Continue lendo →

Página 16 de 17« Primeira...1011121314151617