Acidentes acontecem, claro. Mas muito pode ser evitado se tivermos alguns cuidados – principalmente se você tem crianças e idosos em casa. Vou lhe dar 10 dicas (na verdade, são muito mais que dez…) para que sua casa tire nota máxima no quesito segurança:

1) Corredores e escadas iluminados, com piso firme, nivelado e sem obstáculos – Corredores e escadas mal iluminados, com objetos ou móveis na passagem, degraus escorregadios, piso solto ou quebrado, desníveis mal sinalizados ou iluminados…tudo isso é fonte de acidentes.

Como-decorar-corredores

Para ser pior este corredor só precisa de pouca luz, o tapete solto e um desnível, não é mesmo?

corredor-micasa

Passadeiras grossas demais fazem tropeçar, mesmo se estiverem bem firmes e as muito finas podem “enrolar” nos seus pés…Ao lado de uma escada então… pior ainda no escuro… Com crianças pequenas instale portões de segurança no topo e pé das escadas e com ou sem crianças, elas devem ter sempre corrimão e faixas antiderrapantes.

2) Tomadas sem mau contato e protegidas  – Todas tem que ter espelho, estar funcionando sem dar “estouros” – sinal de curto-circuito na tomada ou fiação – e quando há crianças use protetores específicos. Dificulte o acesso das crianças aos fios dos equipamentos eletrônicos e apoie bem a televisão, de jeito que a criança não consiga derrubá-la.

3) Evite a possibilidade da criança transformar os móveis em escada – Com crianças em casa não deixe cadeiras, mesas, bancos ou camas perto das janelas. Evite também móveis baixos perto de estantes e armários altos. Aliás, estes móveis altos, se você perceber que a criança pode escalar, fixe-os na parede de forma que não caiam sobre ela; Coloque grades ou redes de proteção nas janelas, varandas e sacadas.

contemporist garage-conversion_120716_07-800x1200

Sim, ele (ou ela) podem escalar esta estante… Não duvide!

4) Evite o acesso da criança à objetos cortantes, pequenos, quentes  ou quebráveis – Se vc tem uma criança até uns dois anos, evite usar pequenos objetos de decoração que podem ser engolidos ou colocados no nariz ou ouvido; Não deixe o ferro de passar quente ao alcance dela; Cuidado com toalhas de mesa que possam ser puxadas pela criança;

04varanda-alessandra

Não há nada errado nesta varanda… a não ser que vc tenha crianças pequenas, claro!

5) Evite pisos  escorregadios,  portas e móveis perigosos e cuidado com a água:  Chão molhado é uma das causas mais comuns de acidentes em casa. Ao lavar pisos, use um calçado que não permita que você escorregue; Uma criança pequena pode se afogar com 2,5 cm de profundidade, você sabia ? Por isso, cuidado com água em baldes e tanques, vasos sanitários e piscinas sem proteção (na verdade, piscina em casa com criança TEM que ter proteção);  Coloque protetores nas portas para evitar que a criança machuque os dedos; Prefira móveis de bordas arredondadas ou compre protetores de bordas e os instale; Brinquedos espalhados no pelo chão podem provocar quedas. Aproveite e ensine seu filho ou filha a arrumar tudo quando acabar de brincar.

arquiteturadoimovel casaejardim2

Muita gente adora pisos que parecem espelhos, assim… Mas quanto menos fosco, mais escorregadio, você sabia? 

6) Evite camas muito altas – Só pense em beliches depois que seu filho ou filha tiver mais que 6 anos. Se de qquer forma, não tiver jeito, coloque grades de proteção nas laterais; A cama deve permitir que, ao levantar, seus pés toquem o chão. Isso é super importante principalmente para idosos, que podem sofrer tonturas com mais facilidade.

openhouse camas-multifuncionais-com-compartimentos-uteis-6

Uma ótima solução para criar espaço, mas não se seus pais idosos dormirem nesta cama: provavelmente ela é muito alta para eles

7) Mantenha a cozinha segura para as crianças – Cabos de panelas sempre virados para a parede onde está o fogão; Não use panelas com cabo frouxo. Elas são um perigo para você e para todos; O ideal é que o botijão fique fora da cozinha e a mangueira dele não deve encostar no fogão, para evitar derretimento com o calor do forno; Talheres no escorredor devem ficar com os cabos para cima; Não deixe expostas pontas de facas ou de garfos; Não deixe sacos plásticos ao alcance de crianças; As facas devem ser muito bem guardadas, em uma gaveta que não seja acessível para as crianças.

thestylefiles modernbarn3

É provável que a cozinha seja a área que mais necessite de mudanças e cuidados quando chega uma criança na casa

8) Tenha um banheiro seguro e acessível – Use tapetes de borracha ou tiras antiderrapantes no fundo de banheiras ou sobre o piso do boxe;  Instale  barras de ferro junto ao vaso sanitário e ao boxe, principalmente se você tem idosos em casa; Não deixe sabonetes ou vidros de produtos jogados no piso do boxe ou banheira; Tenha cuidado com aparelhos de barbear: Evite usá-los quando a criança estiver olhando. Ela pode querer lhe imitar e se machucar; Não deixe bancos no banheiro e sempre esvazie a banheira após usar; A correta instalação do chuveiro elétrico evita choques;  Não suba no vaso sanitário – isso pode se transformar em um acidente sério! Evite usar o secador de cabelo com o corpo molhado.

arquiteturadoimovel minhacasa

Quando pensamos em acessibilidade (velhice, um pé quebrado…) imagine a dificuldade e perigo que um banheiro como este pode trazer? E o pior é que com os aptos cada vez menores não há muito o que fazer…

9) Ilumine antes de levantar da cama – Um interruptor ao lado da cama para acender as luzes antes de você e seus familiares levantarem dela é uma ótima forma de evitar acidentes.

1o) Tenha cuidado com produtos tóxicos e remédios – Mantenha medicamentos nas suas embalagens originais e nunca deixe remédios ao alcance das crianças; Deixe separados remédios para adultos e crianças e nunca use remédios no escuro, sem ver se está pegando o remédio correto; O lugar (se existir) onde ficam as bebidas alcoólicas deve ser bem estudado para evitar o acesso da criança, tanto devido à possibilidade de quebra quando a de ingestão. Não coloque produtos de limpeza em embalagens de alimentos e refrigerantes para não confundir as crianças pequenas e evite deixá-los em locais acessíveis aos pequenos.

stylemepretty ibb-1471277142_6688_10495

Sim, este é o tipo de cantinho que você não deve ter mais quando decide ter uma criança…mas vale a pena, não? 🙂

Uma pesquisa que encontrei na Internet diz que as maiores causas de acidentes domésticos são: 

1) Escorregar em piso molhado, úmido ou encerado.

2) Bater o corpo ou cair devido a móveis no caminho, principalmente entre o quarto e o banheiro

3) Tombos devido a escadas com degraus em tamanhos diferentes (é uma preocupação na hora da construção ou reforma).

4) Acidentes devido à tapetes e acidentes devido à iluminação deficiente.

5) Tonturas ao levantar.

6) Desnivelamento do chão, devido à soleiras incorretas, pisos soltos, etc.

7) Falta de corrimão nas escadas ou barras de segurança no banheiro.

Então, no que for possível, torne sua casa mais segura e seja feliz!

Fotos dos sites e blogs: stylemepretty , arquiteturadoimovel , thestylefiles, openhouse , casaabril, contemporist e micasa

1 COMENTÁRIO

  1. Sem dúvida essas dicas ão imprescindíveis para proteção de crianças em casa. Parabéns pelo post.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome aqui