Você sabia que a umidade além de danificar a sua casa, é também prejudicial para a saúde das pessoas que vivem nela?

Desde o crescimento e a propagação de mofo, super perigoso para a saúde de sua família, até o comprometimento da estrutura da residência, há muitas razões para evitar a umidade.

Imagem de William Santos por Unsplash

A boa notícia é que os métodos para isso podem ser tão simples quanto tomar banhos mais curtos e limpar as calhas. Confira seis dicas abaixo:

  1. Drenagem do solo é fundamental!

Muitas casas sofrem com infiltrações nas paredes, e uma razão bastante comum para isso é o excesso de umidade no solo. Isso acontece quando a água acumula no entorno da residência, podendo levar ao comprometimento da estrutura.

Portanto, é muito importante instalar um sistema de drenagem do solo antes de começar os fundamentos da construção. Esse sistema pode consistir em métodos simples, como uma caixa de areia para drenagem, até o uso de tubulações ou muros de arrimo. Confira aqui os tipos de drenagem do solo.

2. Aposte na ventilação natural!

Uma das melhores maneiras de combater os altos níveis de umidade é garantir que sua casa esteja bem ventilada.

Áreas como a cozinha e o banheiro são as que mais sofrem com o problema, por isso é importante ter uma ventilação adequada nessas peças.

Abrir as janelas enquanto você toma banho ou prepara refeições e instalar exaustores contribuem para diminuir a umidade no banheiro e na cozinha.

Se qualquer ambiente não for bem ventilado, ele pode se tornar um foco de umidade. Janelas ou aberturas mesmo pequenas nas paredes ajudam a manter a área seca e até ventiladores ajudam.

  1. Não tome banhos muito longos

Uma ação simples como tomar banhos mais curtos e não tão quentes é outra tática para diminuir a umidade em sua casa.

Banhos mais longos e quentes produzem mais vapor, o que contribui para o aumento do acúmulo de água no ambiente. Usar chuveiro de baixo fluxo também pode ajudar a controlar o problema.

  1. Limite a quantidade de plantas dentro de casa

As plantas liberam partículas de água no ar – portanto, se você tiver muitas (muitas mesmo!) delas no interior de sua casa (preocupe-se com jardins de inverno, por exemplo), o ambiente vai ficar úmido rapidamente.

Certifique-se de limitar a quantidade de plantas em sua casa ou alternar entre mantê-las na parte interna e na varanda.

  1. Cuide das calhas

Morando em uma casa, mesmo que as calhas estejam fora da residência, elas podem contribuir para a umidade na parte de dentro se não forem bem mantidas.

Imagem de Anna King por Unsplash

Certificar-se de que suas calhas estejam limpas e efetivamente conduzindo a água para longe da fundação de sua casa é importante na tarefa de diminuir a umidade.

Qualquer excesso de água que acumule na fundação pode infiltrar nas paredes e causar uma série de problemas.

  1. Troque as aberturas

Janelas e portas antigas e com problemas de vedação podem permitir a entrada de ar frio na sua casa e aumentar os níveis de umidade.

Imagem de Ozgu Ozden por Unsplash

Algumas pequenas correções para janelas já podem ajudar. Por exemplo, adicionar um filme plástico ao vidro ou a vedação do lado de dentro e de fora das janelas.

No entanto, uma vez que as aberturas ficam muito frágeis e a umidade começa a acumular entre os painéis, a melhor opção é mesmo substituí-las.

Gostou do artigo? Então veja também como diminuir o seu consumo de energia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome aqui