Evitar que a reforma ultrapasse o orçamento é a principal dificuldade de quem vai alterar um imóvel. Os gastos desnecessários, a compra de quantidade incorreta de materiais e os imprevistos são os grandes vilões nesse processo.

Foto de Milivoj Kuhar por Unsplash

Mas é possível usar técnicas simples que ajudam a diminuir custos e não extrapolar o orçamento inicial do projeto (É claro que ter um projeto bem planejado é essencial ANTES DE TUDO!): Cálculo de materiais, forma de pagamento de pessoal e até a contratação de um profissional virtual são algumas dicas. E não ignore a tecnologia!  Aplicativos podem ser uma ferramenta útil para agilizar a sua obra. Confira:

1.       Em pequenas reformas você mesmo pode calcular a quantidade de materiais

Quantas peças por metro quadrado serão necessárias para a reforma? Quantos galões de tinta você vai precisar? Esse cálculo é fundamental para não estourar o orçamento da obra, evitando gastos desnecessários e recompra de materiais (que podem não estar mais disponíveis).  Confira aqui como calcular quantos blocos por metro quadrado para o seu projeto.

Foto de Daniel McCullough por Unsplash

2.       Cotação dos materiais

Após escolher e listar os materiais necessários para a reforma, o próximo passo é fazer cotação deles e da mão de obra para instalação. Essa cotação pode ser feita com ajuda de profissionais, pesquisas nas lojas de materiais de construção ou pela internet e aplicativos. Há diversos simuladores que calculam os preços de acordo com a superfície da obra, incluindo preços, reformas hidráulicas, pinturas, etc. (Reforma Simples, Construfácil, Construcalc, etc)

Uma reforma é um sucesso quando dá o que você deseja, custa o que deveria, é entregue no prazo e não gera stress (fotos: Antes e Depois de Banheiro de cliente do SimplesDecoracao)

3.       Evite comprar materiais antes do projeto de reforma

Uma prática comum de quem faz reforma é comprar os materiais com meses de antecedência, antes mesmo do projeto ser elaborado, pensando que vai economizar.  Mas sem saber exatamente o que será feito e como, a possibilidade de errar na compra é enorme.

Por isso, compre os materiais após a elaboração do projeto da reforma.

Segure a tentação de correr para as lojas antes de ter um projeto em mãos (foto: G1)

4.       Escolha as melhores formas de pagamento

Analisar bem as possíveis formas de pagamento é indispensável e pode fazer uma grande diferença no valor total final. A opção à vista pode garantir mais descontos que o pagamento parcelado.

Já para o pagamento de pessoal, você pode dividir em uma porcentagem inicial, e outra quando finalizar a reforma OU de acordo com o andamento das atividades da reforma. Um bom cronograma do projeto é essencial para essa que considero a forma mais garantida de ter sua reforma no prazo definido no projeto.

5.       Contrate um profissional virtual

Por fim, uma outra maneira de diminuir seus gastos e realizar a reforma com menos incertezas é, quando o tipo de reforma permite (*),  fazer o projeto ou uma consultoria online com um arquiteto, engenheiro ou designer de interiores virtual.

Esse tipo de serviço é, em geral, mais barato que o com a presença física do profissional na obra. O profissional pode orientar sobre melhor aproveitamento do espaço, materiais adequados e de qualidade e soluções que tragam conforto, economia, segurança e beleza de acordo com o seu gosto.

(*) ATENÇÃO: Para reformas que impliquem em mudanças em paredes (derrubar, construir, fazer aberturas, etc) ou aumento de carga (instalação de banheiras, piscinas etc.) necessitam da presença do profissional na obra para que elas sejam efetuadas com segurança. Além disso, para a legalização de obras de maior porte é obrigatório que haja um responsável técnico que emita documentos e acompanhe pessoalmente o trabalho.

Imagem de Helloquence por Unsplash

É claro que sempre podem ocorrer situações inesperadas, mas com um bom projeto e planejamento e profissionais competentes você terá mais segurança e economia! Compartilhe a sua experiência com a gente!

Veja também: 10 posts que você TEM que ler antes de começar uma reforma!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome aqui