Grandes, pequenos, mínimos, detalhes que vi e gostei na Casa Cor Rio este ano. E aproveita que acaba dia 20/11! Para saber mais clique aqui.

1) Detalhe do detalhe: Na entrada da Cozinha, da Bianca da Hora, os  quadros com o que pareciam ser um azulejos me chamaram a atenção:

bianca-da-hora_cozinha-02E olha só de que são feitos:

detalhe2

2)  A parede toda em treliça de madeira, tipo um muxarabi, um grande painel com peças pivotantes no Living Gourmet, de Alexandre Gedeon e Hugo Schwartz (InTown Arquitetura) , além do destaque dado à linda árvore em um dos cantos

detalhes4

Por fora e por dentro, um show!

3) Na área externa, o balcão em volta da árvore do Bar de Gin, de Fernanda Sampaio, Júlia Sampaio e Raísa Rodrigues.

dsc00880

4) Este piso bonito (de madeira da Parquet Nobre) da Copa Íntima de Claudia Santos 

dsc00964

5) O teto da Mercearia da Casa, de Paula Neder e Luiza Pedral, Papel de Parede da LaEstampa.

dsc00875

6) Uma das paredes da casa na árvore das Cabanas, de Duda Porto, com uma tipo persiana de cordas (?) que ideia divertida!

dsc00892

7) Estes estranhos e interessantes encostos de cadeiras para o puff na beira da cama do super lindo Estúdio da Filha, de Jairo de Sander

dsc00936

8) Que tinha também esta estante com tudo para ficar pesada no ambiente, mas ganhou total leveza com o vidro e a iluminação

dsc00937

9) O trabalho de marchetaria e a linda cabeceira no bonito Quarto do Casal, de Adriana Valle e Patricia Carvalho

dsc00947

10) E como não poderia deixar de ser, para quem ama e sabe que os detalhes são a “cereja do bolo” de qquer decoração, quero falar do trabalho de colocar o conceito do ambiente em tudo, a edição dos acessórios expostos (em todos os ambientes… isso não é fácil!) , tudo que deve ser pensado para uma mostra de decoração, assim como para um ambiente real bem decorado. Todo ambiente deve contar uma história, nada deve ser colocado por acaso. Como exemplo, na foto abaixo, o Escritório e Sala de Leitura  de Mário Santo, cheia de referências à aviação, umas claras e óbvias e outras nem tanto, como fotos, papéis, e a mesa Fuselagem inspirada nas asas de um avião (veja o tampo).

detalhes1

Outro exemplo de detalhe que não é detalhe é o ótimo trabalho com as cores da Sala da Malu , de Joy Garridonunca um detalhe, mas muitas vezes é necessário chamar a atenção para o trabalho, ainda mais quando ousar nas cores é temerário, com esta tendência que se criou de usar cores somente em pequenos itens – A ousadia, eu poderia dizer que é até discreta, se não fosse algo empolgante neste mundo cinza e bege.

dsc00955a

Cores e estampas convivendo com harmonia e criando um ambiente bonito de ver.

4 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome aqui