Simples Decoração - Porque o bom é simples

Arquitetura Dicas Evento

A minha viagem à Europa – Parte 1 – Paris

Olá, pessoal!

Acabei de chegar cheia de história para contar sobre a viagem (planejada por anos…) que fiz à Europa. Estive em Paris, Amsterdã, Roma, Vaticano e Lisboa. Foram 21 dias que às vezes parecem 2 meses e outras que passou rápido demais… ainda não decidi! Rs!

Resolvi mostrar algo da viagem, fotos bonitas e tal, mas falar e enfatizar a arquitetura e o design (afinal, este blog é sobre isso tbém!). Espero muito que vocês gostem. Pretendo fazer um post para cada cidade – o que parece impossível, pois é tanta coisa! – mas não quero cansar vocês… E vou começar com Paris. Vamos lá?

IMG_20170607_171332a

Paris vista da Tour Montparnasse – Aqui é possível ver as ruas largas retilíneas e arborizadas (os boulervards), com prédios de fachadas padronizadas nas cores e altura e áreas verdes característicos da Reforma em estética neoclássica idealizada pelo Barão de Haussmann (prefeito do Sena e engenheiro)  feita entre  1853 e 1869 e que hoje é muito do que vemos e nos extasiamos ao conhecer Paris. Lá no fundo você vê a área onde se concentra a atividade financeira de Paris, a La Defense, com arranha-céus modernos.

IMG_20170602_205407a

Boulevard Montparnasse – Onde fica o hotel onde me hospedei – o Novanox (recomendo! Ótima localização – para quem gosta de tranquilidade e ao mesmo tempo estar perto de tudo, com a facilidade do transporte público fabuloso de Paris – bons quartos, atendimento excelente! Encontrei um anjo em forma de gerente de hotel na figura da Rosy Mooneesamy , sempre prestativa e acolhedora)

IMG_20170603_122312ab

Como não podia deixar de ser, a foto clássica na Torre Eiffel – Ela foi construída em 1889, para ser um elemento temporário para a Exposição Universal do mesmo ano, centenário da Revolução Francesa. Mas agradou tanto que está lá até hoje …

IMG_20170605_174155a

Lado do Grand Palais (esse é um pedacinho dele – é enorme!) que é de frente para o Petit Palais, do outro lado da rua.

Na Exposição de 1900 foram construídos O Grand Palais, o Petit Palais , a Ponte Alexandre III e a primeira linha do Metropolitano de Paris – hoje tem 14 linhas e é o terceiro maior da Europa. Paris tem ainda: O RER, uma rede ferroviária suburbana que liga toda a região metropolitana, 6 estações ferroviárias que ligam Paris à periferia com as 15 ferrovias do Transilien e todas as cidades da França com o TGV ou trens clássicos.

IMG_20170605_174222a

O Petit Palais –  construído pelo arquiteto Charles Girault , sua fachada tem  cerca de 150 metros de comprimento. O interior tem galerias iluminadas só pela luz natural, usando grandes superfícies de vidro, cúpulas transparentes e  largas janelas. Foi aberto  como museu no dia 11 de Dezembro (dia do meu niver!)  de 1902 e hoje tem, entre outras preciosidades, obras de Cézanne, Renoir, Géricault, Delacroix, Monet, Sisley, Pissarro, etc esculturas de Rodin , Camille Claudel, etc, objetos decorativos art nouveau… E isso porque é Petit….Esses franceses!

IMG_20170603_145359ab

Ponte Alexandre III

.Na verdade, a Paris que vemos – nós turistas- hoje, em grande parte (um terço da cidade) é desta época. A cidade milenar que antes era cercada por muros e cheia de ruas estreitas (medievais) foi reformulada durante o reinado de Napoleão III, por Haussmann. O objetivo era comportar o aumento do número de habitantes,  facilitar a circulação, inclusive das forças armadas – um objetivo muito importante – para controlar rebeliões,  construir redes de esgotos (sistema considerado até hoje um dos melhores do mundo e que atende à cidade toda), aquedutos, distribuir gás e iluminação, etc.

IMG_20170605_124258b

Foto de Paris tirada do alto do Arco do Triunfo – construído por Napoleão Bonaparte em 1806, em homenagem às vitórias francesas e aos que morreram no campo de batalha

Foram destruídos cerca de 50km de vias antigas. Bairros e edifícios foram demolidos – muito da história da cidade se perdeu. Foram construídos 165km de novas vias.  As galerias e passagens passaram a ter função comercial, com cafés e lojas. Diversas leis de ocupação exigiram a adequação ao plano. Surge o quarteirão, que  é determinado pelo sistema viário – ele se configura a partir do traçado das vias. Por isso os lotes tem formato irregular e vemos poucas esquinas em 90 graus nestas áreas. Na foto acima vc percebe o que estou falando. A Reforma de Haussmann foi considerada por muitos um crime histórico, não preservou nem o núcleo original da cidade, na época relativamente intacto, na Ile de la Cité, que se transformou em uma área militar na época.

Mesmo assim, os monumentos mais célebres de Paris datam de épocas diversas. Um deles é a Notre Dame, com a qual acabo (triste, viu?) este post que está ficando enorme (Obrigada a quem leu até aqui!)

DSC01366a

A Notre-Dame , um dos mais belos exemplares da arquitetura gótica francesa, teve a construção de sua fachada principal iniciada entre 1100/1200;  Tem 41 metros de largura e 63 de altura. A fachada é cortada por uma faixa com 28 estátuas que representam os reis de Judah, descendentes de Jesse e ancestrais de Maria e Jesus. Logo abaixo delas há três portais: o da direita, portal de Santa Ana; à esquerda o portal da Virgem (construído entre 1210 e 1220); e na parte central, o portal do Último Julgamento, construído entre 1220 e 1230.  O interior dela é fascinante de belo: A altura, as estruturas os vitrais… Só vendo, gente!

DSC01465a

Uma foto (ainda mais minha :(  ) não consegue mostrar a beleza divina desta Igreja. Os vitrais são maravilhosos… Só se comparam aos vitrais da Saint Chapelle que deixa todos extasiados, de verdade!

DSC01474a

Mas infelizmente, procurei até fotos melhores na internet mas nenhuma lhe prepara para o espetáculo de ver estes vitrais.

Infelizmente não dá para mostrar tudo nem falar de tudo (seria um livro!) Mas que fico com vontade, fico! Bem, semana que vem falo sobre a 2a. cidade visitada: Amsterdã!

Fontes e para saber mais: 

https://viajento.com/2016/06/09/paris-arquitetura-historia-e-arte-da-notre-dame/

https://arquitetandoblog.wordpress.com/2009/04/08/haussmann-e-a-reforma-de-paris/

http://comoprojetar.com.br/arquitetura-de-paris/

https://www.pariscityvision.com/pt/paris/museus-de-paris/museu-do-louvre/piramide-louvre-historia-arquitetura-lendas

https://mobile.seuhistory.com/hoje-na-historia/construcao-do-arco-do-triunfo-de-paris

http://parisdouxreves.blogspot.com.br/2015/03/sessao-historia-arquitetura-louvre.html

http://www.dicasparis.com.br/2016/07/10-construcoes-historicas-em-paris.html#

http://www.historiailustrada.com.br/2014/07/beleza-historica-em-todos-os-angulos.html

https://pt.wikipedia.org/wiki/Wikip%C3%A9dia:P%C3%A1gina_principal

Posts relacionados

Comentários:

Cássia · 26 de junho de 2017 às 06:54

Uau!

Responder

Helena Campidelli · 26 de junho de 2017 às 09:42

Também estive em Paris e realmente tuas descrições são fantásticas. Vale a pena cada segundo nesta maravilhosa cidade. Parabéns pelas excelentes fotos e descrições.

Responder

Deixe o seu comentário!