Simples Decoração - Porque o bom é simples

Conceitos Sala de Estar

Princípios da decoração e design na prática – Post 5

Neste post não vou falar em princípios, mas sim sobre uma técnica, que eu vou chamar de “A técnica da limitação de cores”, porque é isso mesmo: Para encontrar com maior facilidade harmonia e a sensação de unidade em um ambiente, muitos – eu diria que a maioria – dos profissionais da área limitam a quantidade de cores diferentes usadas nele. Veja só:

casatreschicb5b95154

(via CasaAbril – reportagem visual de Aldi Flosi e Olívia Canato)

Esta linda sala (da Casa Cor SP 2013 – by Roberto Migotto) utiliza azul, branco e amarelo basicamente, em uma proporção bem estudada: O branco na medida certa para não ficar escura demais e o amarelo em menor quantidade, para trazer mais alegria e calor. Esta combinação é um clássico que funciona super bem.

mrsboho_siesta_decordemon2

(via Decordemon)

Os cinza, branco, verdes e alaranjados desta sala vem existem todos no quadro que chama atenção, clareia e diminui a rusticidade da parede.

sofascoloridos-voceprecisadecor03

(CampinasDecor 2016 – Espaço MaxHaus by Otto Felix)

O sofá verde água e os toques de amarelo, tornam mais doce, feminino e alegre a sala em cinza, preto e branco e linhas retas e masculinas. Uma mistura pouco usada por aqui (verde e amarelo) e que é muito bonita, ainda mais com este verde azulado lindo. Note que em todos os ambientes até aqui, a proporção de cada cor é diferente e isso é muito importante: Usar em menor quantidade a cor mais vibrante é uma boa opção, já que ela acaba “chamando mais atenção” que as demais.

cozinhaamericana_voceprecisadecor13

(via voceprecisadecor)

Atual queridinha dos amantes do estilo industrial, o cinza, bege, amarelo já é clássico. E uma dica legal é: Se você quer o ambiente mais “aberto”, menos masculino, use mais bege. O amarelo em poucos pontos espalhados pelo ambiente já é o bastante. Além disso, o cinza enfatiza as cores que lhe acompanham,então você pode usar vermelho, azul, verde, lilás … vivos e terá a mesma sensação de que a cor escolhida “brilha” no espaço.

svenngarden-sam_8877

(via svenngarden)

Esta sala tem praticamente uma só cor: O Cinza.  E os cinzas usados são pouco contrastantes (não tem muita diferença entre eles). Para compensar a falta de outras cores e principalmente de contraste,  foram acrescidos muitos materiais com diferentes texturas, visando tornar o ambiente mais interessante. Quanto menos cor, mais contraste e/ou texturas é preciso usar para que o ambiente não fique meio “chocho”…rs!

É claro que você não precisa usar esta técnica e pode encher sua sala de mil cores. Mas não esqueça que as cores “ocupam espaço” visual e quanto mais cores usar, mais terá que se preocupar com não ter uma sensação de “bagunça” ou “muita informação”… Compare as fotos acima com o ambiente abaixo:

almofadassofa_voceprecisadecor02

Apesar do uso de muito branco o bonito ambiente parece “mais cheio” que todos acima. Muito devido à quantidade de cores usadas nos elementos.

Veja o post anterior desta série aqui.

Você pode saber mais sobre os princípios na nossa guia Princípios do Design de Interiores e também na série que você acessa aqui.

Posts relacionados

Comentários:

Arlete · 13 de dezembro de 2016 às 22:30

Oi!Adorei este post!Ambientes lindos!

Responder

Deixe o seu comentário!